3 de jul de 2008

VIDA COM DEUS...VIDA DE ADORADOR





"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”(João 4:23-24).

Essa mensagem é na verdade uma junção das vezes em que Deus esteve ministrando em nossos corações nos últimos meses. Um resumo dos “pé do ouvido” que temos levado do Senhor. Sendo assim gostaria de dar-lhes duas notícias, uma boa e outra melhor ainda, a boa é que vocês levarão uns “pés do ouvido” bem dados de Deus, e a melhor ainda é que Deus quer lhes usar para mudar a história de nossa geração.

Iniciarei esta mensagem com algumas perguntas que farão com que vocês me achem um louco, o que não me estranha, pois não serão os primeiros a pensarem assim. Levando em conta que a palavra de Deus diz que “a mensagem da cruz é loucura para os que perecem, mas pra nós que somos filhos, é poder de Deus”. Então, lá vai.

Quantos de vocês acreditam em Deus?
Quantos de vocês conhecem a Deus?
Quantos de vocês acreditam que a bíblia é a palavra de Deus?
Quantos mortos, você ressuscitou no último ano?
Quantos podem bater no peito e dizer: “eu sou um exemplo de vida cristã a ser seguido”.
Quantos de vocês amam tanto a Jesus, a ponto de falar desse amor em todo lugar, em qualquer hora, pra qualquer pessoa?
Quantas vidas você já alcançou pra Jesus?

O titulo dessa mensagem é “Vida com Deus – Vida de adorador”.

Existem certas confusões com relação a definição de louvor e adoração. Louvor e adoração, não são estilos musicais (pois já ouvi diversas vezes dentro das igrejas os músicos dizerem: “hoje tocaremos dois louvores e duas adorações, etc.), mas estilo de vida. Vida com Deus.

É comum ouvirmos falar de vida com Deus, quando surgem na igreja alguns jovens a fim de namorar:
- “ah! Eu quero um garoto que tenha vida com Deus”;
- “eu quero uma garota que tenha vida com Deus”;
- “eu quero uma pessoa de Deus”;
- “eu quero um cara de Deus”.

O que é ter vida com Deus? O que é ter vida de adorador?

Religião não é sinônimo de vida com Deus

hipócritas! Bem profetizou Isaias a vosso respeito, dizendo: este povo honra-me com seus lábios; o seu coração, porém, está distante de mim.
Deixa-os; são guias cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão no barranco” (Mateus 15:7,8;14).

O fato de estarmos na igreja, não significa que somos adoradores. O fato de estarmos na igreja em todos os dias de culto não significa que temos vida com Deus. Pelo contrário, pode apenas indicar que somos pessoas religiosas, pois do mesmo modo os fariseus também passavam praticamente “24 horas” dentro das sinagogas (igrejas), e ainda assim, Jesus os chamou de “hipócritas”, “cegos guiadores de cegos”.

Temos a mania de pensar que religiosos são apenas veneradores de imagens, católicos, espíritas, testemunhas de Jeová, umbandistas, etc.

Porém quero te mostrar uma definição de religiosidade: é o simples fato de estarmos dentro de nossas igrejas “cumprindo tabela”, ou seja, fazendo um papel social, apenas mostrando para nossos pastores que estamos lá, porém, nossas vidas continuam as mesmas, sem mudança e com os velhos hábitos. Um termo legal ao meu ver para definir a palavra religiosidade é “fantasia de crente”.

Vida com Deus transforma a vida de qualquer pessoa. Religião estaciona a vida de qualquer pessoa.

Virtuosismo não é sinônimo de vida com Deus

Mas o Senhor disse a Samuel: não atentes para a sua aparência, e nem para a grandeza de sua estatura, porque eu o rejeite; porque o Senhor não vê como o homem vê, pois o homem olha para o que esta diante dos olhos, porem o Senhor olha para o coração”. (1 Samuel 16:7)

O homem tem se atentado cada vez mais para o que os olhos vêem e se esquecido do que pensa o Senhor.
Um recado aos levitas. Um cântico bem tocado, não é sinônimo de adoração. Um grupo bem ensaiado não significa que são verdadeiros adoradores. O fato de o cara ser um excelente músico, extremamente virtuoso, não significa que ele tenha vida com Deus, apenas tem um dom dado por Deus e que ele aperfeiçoou.
A maneira como o grupo toca, pode até chamar a atenção do povo, porém o que chama a atenção de Deus é a maneira como o grupo vive.

O choro não é sinônimo de adoração

O fato de uma pessoa conseguir passar horas de joelhos chorando a ponto que da até para lavar a igreja com suas lágrimas, não indica que seja um verdadeiro adorador, como o Senhor procura.
A adoração é um estilo de vida que nos leva a ter intimidade com Deus, sendo assim, é impossível alguém ter uma vida de verdadeiro adorador e não sofrer uma transformação em seu caráter. Pois existem pessoas que passam horas chorando durante o louvor nas igrejas, mas levam uma vida que se confundi muito bem com o mundo.

Vida de adoração é...

Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na verdade de sua mente, entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza. Mas vós não aprendestes assim a Cristo. Se é que ouvistes, e nele fostes instruídos, conforme é a verdade em Jesus, a despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concuspicências do engano; a vos renovar no espírito da vossa mente; e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade”.

Vida de adoração, vida com Deus é vida de santificação.

Teremos vida com Deus a medida que buscarmos o processo de santificação de nossas vidas. Santificarmos-nos é separarmos-nos dos valores e costumes mundanos.

A palavra de Deus diz que Ele não quer que vivamos mais conforme vivem os gentios, aqueles que não conhecem a Jesus, pois Deus nos criou para que tivéssemos uma vida de intimidade com Ele. E Deus não pode se misturar com o pecado.

Diversos costumes mundanos têm entrado cada vez mais dentro das igrejas:

Um deles é algo entre os jovens chamado de “ficar”. Gostaria de dar duas notícias para a galera que curti ficar, uma “boa” e uma ruim: a “boa” é que se Jesus voltar hoje vocês vão ficar, UUHHUU!!! “Que doido hein cara?”. Acredito que isso não será problema, pois vocês curtem “ficar”. Então FICARÃO! Porém a ruim é que no inferno não terá “boquinhas” para serem beijadas, mas os dentes do capeta aguardando o instante de devorar.

O “ficar” é apenas um apelido dado pelo diabo para a palavra adultério.

Pense!!!...NO FICO...VOU!!!

Por isso diz: desperta, tu quer dormes, levante-te dentre os mortos e Cristo te esclarecerá”. (Efesios 5:14)

Certa vez ouvi em um pregação, que as igrejas tem sido como imensos quartos, onde grande parte dos cristãos tem estado deitados em suas camas e dizendo: NÃO!!! NÃO ME ACORDEM, POIS QUERO CONTINUAR DORMINDO.

Deus nos chama a um despertamento. Despertar fala de acordar, ficar ligado, levantar fala de tomar uma posição, uma atitude.

Deus tem levantado uma geração, um exército, formado por jovens corajosos, compromissados, e verdadeiros guerreiros na luta contra o pecado. Geração que ira fazer a diferença e marcar a história de nosso país, porém a decisão de querer fazer parte dessa geração, desse exército, é minha e sua.

Deus quer te usar pra marcar essa geração.

Uma boa maneira de termos vida com Deus, é termos o Senhor como o centro de nossas vidas, buscando-O cada vez mais, de maneira desesperada, orando, jejuando, e nos alimentando de sua palavra. E também vivendo o amor de Jesus, declarando esse amor em todo lugar e momento que pudermos, pra todos que pudermos. Tendo um testemunho de vida de acordo com a maneira que Lhe agrada.

Osmar Siqueira
MD Jovens

1 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Osmar e Serlândia.
Que Deus abençoe muito vcs e que este blog seja um canal de Deus na internet para todos nós.


Thiago N.