5 de nov de 2008

AOS DESPERTOS


VISÃO DA IGREJA – PROPÓSITOS PARA O MINISTÉRIO DE JOVENS

Introdução

Quando nos referimos ao ministério de jovens, é possível se fazer diversos questionamentos no que diz respeito à saúde desse ministério dentro da igreja. Dentre eles, um dos mais mencionados é, “o que devo fazer para que meu grupo de jovens cresça?”. Porém, mais importante que isso, e questão na qual nossa atenção deve-se voltar é “porque meu grupo de jovens existe?”.
É importante que um ministério com jovens vá além de programas recheados de ações e eventos. Mas seja um ministério onde o poder e o agir de Deus possa ser reconhecido e experimentado por todos.

A seguir estão mencionados os principais propósitos que a palavra de Deus nos apresenta para um ministério e uma vida espiritual sadia. (Baseado no livro: Um Ministério com Propósitos).

O Grande Mandamento: “Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos depende toda lei e os profetas” (Mt 22:37-40).

A Grande Comitiva: “Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho mandado. E certamente estou convosco todos os dias, até à consumação do século” (Mt 28:19,20).

Os cincos propósitos encontrados nessas duas passagens são:

1. Adoração: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”.
2. Serviço: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.
3. Evangelização: “Portanto, ide e fazei discípulos”.
4. Comunhão: “Batizando-os”.
5. Discipulado: “Ensinando-os a guardar”.

O propósito da evangelização

Evangelização é transmitir as boas novas de Jesus Cristo àqueles que ainda não estabeleceram um relacionamento pessoal com Ele. Deus decidiu usar o seu povo para ajudar a consumar seu plano de salvação.
À medida que crescemos na fé, devemos entender que a evangelização não é apenas uma responsabilidade do cristão, mas um privilégio. Quando esse propósito é expresso no ministério de jovens, acontece um crescimento significativo. Um crescimento que independe de programas evangelísticos, mas acontecerá por causa de jovens evangelistas.

O propósito da adoração

Muitas vezes temos o costume de limitar nossa definição de adoração às músicas ministradas na igreja. Mas adorar é celebrar a presença de Deus e honrá-lo com nosso estilo de vida. Esta é a razão pela qual fomos criados.

O propósito da comunhão

Muitas vezes damos ênfase a esse propósito quando nos referimos aos jovens que já fazem parte de nossas igrejas. Porém devemos ter em mente a importância de alcançarmos e acolhermos os novos convertidos através da comunhão. A verdadeira comunhão acontece quando os jovens passam a ser conhecidos e cuidados, tornam-se responsáveis e são encorajados em sua caminhada espiritual.

O propósito do discipulado

Discipulado é o termo utilizado para descrever o desenvolvimento e o fortalecimento dos cristãos em sua constante jornada de seguir os passos de Cristo. Esse propósito é de extrema importância para se estabelecer um ministério sadio entre os jovens.

O propósito do serviço

A ação de servir pode ser definida como “suprir necessidades com amor”. Deus tem abençoado os crentes com dons espirituais a fim de que sejam usados no serviço. Deus anseia por nos usar na realização de sua obra: “Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus” (1 Cor. 3:9). E nosso maior exemplo de amor pela obra de Deus encontramos no Senhor Jesus: “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus”. A alegria de Jesus estava em ver a obra e a vontade de Deus se cumprindo.

A palavra do Senhor é a nossa maior referência para agirmos de acordo com a sua vontade, e nela encontramos tudo que devemos fazer para que venhamos a render frutos em sua obra e na vida de nossos jovens.

Devemos viver e apresentar a importância desses propósitos para todos os jovens de nosso ministério. A fim de formarmos multiplicadores. Jovens que atuarão de acordo com a vontade de Deus, alcançando aqueles que estão distantes de sua presença, acolhendo-os como parte da família, do corpo de Cristo, ensinando-os a guardar os ensinamentos do Senhor, para que cada um possa desenvolver o seu ministério e ser capacitado para servir na obra de Deus, honrando ao Senhor com seu estilo de vida.


Osmar Siqueira
Líder de Jovens – Ministério Despertai
CEIFA - Pitangueiras

0 comentários: